Dicas para declarar o Imposto de Renda

O momento da tão temível Declaração do Imposto de Renda chegou. Sabemos que para a maioria das pessoas fazer a declaração é algo complexo e que muitos optam até pagar um contador para fazer esse trabalho, para não ter uma dor de cabeça de como fazer e o que tem que ser declarado.

Por isso, hoje iremos te dar algumas dicas para você que irá declarar seu Imposto de Renda esse ano.

DICA 01 – BAIXAR O PROGRAMA

Todos os anos a Receita Federal disponibiliza em seu site o programa para efetuar a declaração do IR. É só acessar: https://www.gov.br/receitafederal/pt-br/centrais-de-conteudo/download/pgd/dirpf e lá terá as instruções de como baixar.

DICA 02 – QUEM DEVE DECLARAR O IR

Abaixo está uma tabela das pessoas que tem a obrigatoriedade de fazer a declaração, atente-se para ver se você se enquadra em algum dos requisitos.

RequisitoCondição
Rendimento acima do limite • Recebeu rendimentos tributáveis acima do limite (R$ 28.559,70);
• Recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte acima do limite (R$ 40.000,00).
Rendimentos da Atividade Rural • Obteve receita bruta anual decorrente de atividade rural em valor acima do limite (R$ 142.798,50);
• Pretenda compensar prejuízos da atividade rural de anos-calendário anteriores ou do próprio ano-calendário.
Bens e Direitos Acima do Limite • Teve a posse ou a propriedade, em 31 de dezembro do ano-calendário, de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior ao limite (R$ 300.000,00).
Ganhos de Capital e
Bolsa de Valores
• Obteve ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
Isenção de Ganho de Capital• Passo à condição de residente no Brasil, em qualquer mês, e nessa condição se encontrava em 31 de dezembro do ano-calendário.
Residente no Brasil• Passo à condição de residente no Brasil, em qualquer mês, e nessa condição se encontrava em 31 de dezembro do ano-calendário.

IMPORTANTE: Também entra no requisito obrigatório para a declaração de 2021 todos os contribuintes que receberam rendimento acima de R$ 22.847,76 em 2020 e também o Auxílio Emergencial para enfrentamento da Covid-19.

*Todas as informações foram retiradas do site da Receita Federal.

DICA 03 – PRAZO

Se atente ao prazo para entregar sua declaração, o prazo para entrega é de 01 de março a 30 de abril de 2021. Se sua declaração for entregue após a data limite você será sujeito a pagar uma multa.

O valor da multa é de 1% ao mês, sobre o imposto devido calculado na sua declaração mesmo se você já tenha pagado, o valor pode chegar até 20% do valor do imposto de renda, sendo o valor mínimo de R$ 165,74.

DICA 04 – PAGAMENTO DE IMPOSTO

Ao entregar seu Imposto de Renda e a receita ver que você pagou menos impostos que deveria, você precisará pagar mais, o pagamento poderá ser feito por boleto ou débito automático até o último dia do prazo de entrega. O valor será informado após o preenchimento do seu imposto de renda e poderá ser pago parcelado caso deseja.

DICA 05 – CONTRATE UM CONTADOR

Caso você não tenha tempo ou tenha dificuldade de como declarar você pode contratar um contador para te ajudar. São pessoas formadas que entendem e sabem como funciona para fazer sua declaração, assim você também não perde o prazo de entrega.

Com essas dicas ficou mais claro de como fazer a Declaração do Imposto de Renda né? Caso você tenha ainda mais algumas dúvidas, você poderá entrar no site da Receita Federal que lá tem tudo o que você precisa saber sobre Imposto de Renda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *